sexta-feira, 11 de junho de 2010


A cada dia é mais difícil. Eu fico me perguntando se vai ser assim pra sempre, visões de sangue jorrando ou inundando o quarto. Morte, ela está me perseguindo e eu não estou controlando mais as coisas que eu penso.
Queria que os meus pesadelos, visões e calafrios acabassem pra sempre. Não vou negar que penso o tempo todo em suicídio, não sei por que, mas penso, queria que isso me deixasse também. A minha vida está a maior bagunça agora.eu tinha tudo que eu queria no lugar onde eu estava, mas agente só da valor as coisas quando perde, certo?
Tudo isso teve que acontecer pra eu pode aprender que nada na vida é perfeito. Eu me sinto cada vez mais solitário, mais assustado, mais amedrontado, aqui nesse quarto sem teto com monstros em baixo da cama, a morte me tentando a abraçá-la a todo o momento. Queria largar tudo e descansar.
Se eu pudesse voar não iria à lugar algum, simplesmente voaria até o meu último suspiro. Então eu cairia e tudo estaria acabado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário